quinta-feira, dezembro 15, 2005

Capítulo 12

O mistério é resolvido

-É, acho que eu tenho uma explicação para este caso.Nesta época, aconteceu uma grande confusão entre os índios , donos das terras e as pessoas que estavam chegando por aqui. Provavelmente, com medo de perder seu tesouro, o dono das jóias a enterrou, na esperança de que alguém encontrasse e levasse para sua filha.
- Mas, e agora? Perguntou o pai de Clara.
- Agora, é só vocês doarem au museu e vão ter seus nomes reconhecidos como as pessoas que encontraram esta preciosidade.
- Eu queria mesmo era ficar rica, disse a Clara.
- Rica, você não vai ficar não, Clara. Mas, famosa, sim.Vamos agora mesmo comunicar isto à imprensa.
E, foi assim que Guilherme, Clara e seu pai, apareceram em todos os jornais da cidade e do país. Na televisão era uma entrevista a cada dia.
E claro, teve muita gente tentando comprar o terreno, só pra ver se acha mais tesouros.

Fim




Agradecimentos muito especiais, aos leitores que enviaram sugestões para a História:
Henrique,
Kel,
Sintian,
Cláudia,
Cilene,
Camila,
Flávia,
E aos escritores da escola 21 de abril, em especial ao Guilherme, por ter sugerido o tema da História.