domingo, novembro 27, 2005

Capítulo 3

O Achado

- Tesouro, nada! Disse o Guilherme. É só uma pedrona!!!!
- E se ela tiver poderes mágicos? Perguntou a Clara.
- Que é isso, Clara? Onde já se viu uma pedrona dessa ser mágica?
- Ué, pode ser, né? Por que ela estava aí escondidinha?
- Por que? Prá tampar alguma coisa !!! Disse o pai deles espantado.
- O que? Perguntaram as crianças, quase caindo dentro do buraco.
- Não sei ainda... Mas tem alguma coisa embaixo dela.
- Anda, pai!Cava mais rápido! pediu Guilherme.
O pai de Guilherme já estava cansado, mas mesmo assim continuou a cavar e conseguiu puxar a pedrona um pouco para o lado. E, para surpresa de todos apareceu um objeto enorme, todo enferrujado, embaixo da pedra.
- Um baú !!!!! Gritou o pai.
- Que coisa esquisita!! Como isto veio parar aqui? Admirou-se Guilherme.
- Eu disse que aqui tinha tesouro de pirata, disse a Clara.
- De pirata não acho que seja, porque estamos muito longe do mar, explicou o pai. Mas, que tem alguma coisa estranha tem... Olhem o que está escrito na tampa!
-Não dá pra ver direito, disse o Guilherme.
-Vamos tirar daí e limpar tudo prá vocês verem, falou o pai.