quinta-feira, dezembro 21, 2006

Para Papai Noel

Quer escrever uma cartinha prá Papai Noel?
Ainda dá tempo de receber uma surpresa no seu e-mail.
Corre
aqui.

domingo, dezembro 17, 2006

Feliz Natal para você e que seu Ano Novo tenha muitas histórias legais!!Beijos,
Fátima

desculpas

Olá, leitores:
Este final de ano foi um pouco complicado.Por isto, ainda não terminamos a história, aí abaixo.Se você quiser terminar, escreva aí nos comentários, o que deve acontecer. Depois do Ano Novo a gente publica.Espero seus palpites.
Bjs

domingo, outubro 29, 2006

tentando ajudar

E aí , a garotada resolveu ajudar. Foram todos ao castelo, tentar conversar com a Rainha-mãe.
A Michele e a Thalita, mesmo desconfiada que o jardineiro só queria o dinheiro do reino, resolveram ir junto com o Cristhopher, o Vinícius,a Renata, a Grasiela, a Thayse e a Débora, o Bruno e a Gabrielli.Mas, no meio do caminho, encontraram com a Aia, que queria saber o que eles queriam falar com a rainha-mãe.
E ela foi logo explicando que a Rainha era muito ocupada e que não tinha tempo para ficar ouvindo conversas de crianças.

O que será que as crianças fizeram para ajudar a princesa Lú?

sábado, outubro 28, 2006

espiando

Enquanto esta discussão acontecia no reino,o Gabriel e o V. estavam espiando pelo muro do jardim e ouviram uma conversa.Era o jardineiro, que aproveitara que a princesa passava por lá, e resolveu perguntar:
- Por que você anda tão triste, princesa?
- Porque estou apaixonada, respondeu a princesa Lú.
- Que coisa boa, princesa.Quem é o príncipe?
- Não é nenhum príncipe.
- Como assim?
- Ele é um jardineiro.
- Que é isto princesa? Ele trabalha em algum castelo?
- Trabalha, sim e muito.Ele é jardineiro do castelo de meu pai.
O jardineiro ficou boquiaberto com o susto.Será que sou eu? Pensou ele.
Mas, não disse nada. Era bom demais para ser verdade e além disto, era impossível.Num instante, o Gabriel e o V. espalharam a notícia entre a criançada do reino

sexta-feira, outubro 27, 2006

as fofocas

Depois que a notícia se espalhou pelo reino, muita gente resolveu entrar na história. E não teve um morador ao redor do castelo que não desse um palpite.
A Maith dizia que a Aia estava era com inveja, porque ela também estava apaixonada pelo jardineiro. Ela até achava que eles já tinham se beijado.
A Claúdia e a Gorete comentavam que ninguém conhecia os sentimentos do jardineiro e já estavam pensando que ele queria dar o golpe do baú.
A Camila e o Nathan achavam um absurdo aquele monte de mentiras sobre o jardineiro, porque eles sabiam que ele achava a princesa muito linda.
A Milena e a Kahena também comentavam que o jardineiro não queria o dinheiro da princesa, pois ele queria era seu amor.Já a Michele e a Thalita achavam que o jardineiro devia casar com a princesa, mesmo querendo só o seu dinheiro, pois assim ele ficaria rico.

sexta-feira, agosto 18, 2006

A princesa, o Jardineiro e a Aia

Era uma vez uma Aia, que morava num castelo lindíssimo, num reino que não ficava muito distante.Ela se chamava Luísa . Seu trabalho no castelo era cuidar da princesa Lúcia, uma mocinha muito simpática, bonita demais e que todas as pessoas do reino chamavam de Lú .
A princesa Lú era muito bondosa .Todas as pessoas do Reino a adoravam. Mas, ela andava um pouco triste, ultimamente. E a Aia descobriu o motivo da tristeza. É que a princesinha havia se apaixonado pelo jardineiro do palácio. (Foi a Maith quem disse) Um mocinho bonitão, simpático e que vivia trocando olhares com a princesa.
Algumas pessoas do reino já haviam percebido o namorico e diziam que, aquele mocinho, era muito interesseiro e só queria mesmo... ficar rico.

segunda-feira, agosto 14, 2006

Olá!!!

Tudo bem?
Como foram de férias?
Na quinta-feira tem historinha nova.
Aguardem!!!
Beijos e obrigada pela sua visita.

sábado, julho 22, 2006

Capítulo 10

No mesmo dia ela recebeu a resposta:
Bruxa esperançosa:
Não se preocupe. Você já tem meio caminho andado.Se você é alta e magrela fica muito mais fácil.
Procure uma clínica de beleza, faça um tratamento nos cabelos, na pele e, se preciso, faça uma plástica no rosto. Em seguida, faça um book, entregue em algumas agências e ... pronto!!! Você vai virar uma princesa nas passarelas. Todo mundo vai morrer de inveja.
Espero ver você no próximo Fashion Week.
Abs.
MM.

A bruxa quase caiu dura.
Tomou todas as providências e não demorou muito ela virou uma princesa- super- star nas passarelas.
Por isto, quando assistir a um desfile, repare direitinho naquela princesa das passarelas que nunca dá um sorriso. É que toda aquela trabalheira não conseguiu dar jeito no dente torto da bruxa.

Capítulo 9

-Deus me livre! Um mês é muito tempo! Vou embora! Esse personal-qualquer coisa é muito complicado. Vou procurar um fazedor de milagres na internet.

A bruxa foi no Google e logo achou o Mágico Milagroso. (contribuição da Deby)

Num instante ela mandou um e-mail que dizia assim:
- Senhor M.M. ( era assim que ele explicava lá no site, como deveria ser chamado)
Sou uma bruxa magrela,muiiiito alta, dizem que sou feiosa e já fiz umas maldadezinhas. Nada muito sério, mas como não deram certo , resolvi que quero ser uma princesa, para não mais ser chamada de megera. Preciso de sua ajuda, urgente!
Bruxa esperançosa

segunda-feira, julho 10, 2006

Capítulo 8

Depois de um tempão, cortando papel, embrulhando um monte de presentes, colando durex, pregando lacinhos, cartõezinhos e ...ufa! a bruxa perdeu a paciência e perguntou:
- O senhor não vai perguntar o que eu quero?
- Ah, sim... O que a senhorita deseja?
- É que me disseram que o senhor faz coisas maravilhosas. E eu queria uma coisa.
- O quê ?
- Eu queria ser uma princesa, boniiiiita e boazinha. Mas, tinha que ser uma princesa moderna! Tipo princesa Diane.
- Ah! Só isto ? É muito fácil!
- É mesmo?
- É sim. Acho que em um mês a gente pode conseguir.
- Isto tudo?

Capítulo 7

Quem abriu a porta foi uma velhinha que levou um susto danado por ver uma bruxa. É claro que a bruxa também ficou assustada, porque estava esperando dar de cara com o Sr.Cheirafumo.

(Contribuições da Maith e da Ana Beatriz, que não consegui acessar o blog.)

A velhinha perguntou:
- O que a senhora deseja?
- Er... ( a bruxa gaguejou...) Estava procurando o senhor Cheirafumo.
Foi quando ela ouviu uma voz que vinha de dentro da casa.
- Tá me procurando? Entra aqui! Foi bom você chegar. Estou precisando de ajuda.
A bruxa foi até um salão, achando tudo muito estranho.
- Será que você poderia fazer o favor de me ajudar a embrulhar estes brinquedos? Disse o senhor.
A bruxa achava tudo muito esquisito. O homem nem sabia quem era ela, e ainda por cima, pedia pra embrulhar brinquedos. Argh!
- Fazer o quê! Pensou a bruxa e começou a cortar uma pilha enoooorme de papel de presentes.